Bem vindo, Camaçari, 27 de Julho de 2017

Mônaco escreve sobre Camaçari: A decadência de uma cidade grande

Escrito por: Raymundo Mônaco - Geral - 10 de Janeiro de 2017

CRÔNICASDA   CIDADE

2017 / 78- ANO VI
J.RMônaco
Bacharelem Direito. Consultor  Politico. Testemunha Ocular da História.


“A DECADÊNCIA DE UMA CIDADE GRANDE”


“Um estado grande demais, acaba, por fim, decadente”.
Simon Bolívar (1783 – 1830).


A chegada do ano novo nos propicia esperanças de que em 2017 tudo vai ser diferente, vamos aprender a ser gente. Ganharemos novas forças para atravessar as dificuldades e uma boa quantidade de pepinos pra descascar, dentre eles retornar Camaçari aos velhos tempos onde havia crescimento, a moeda era forte e nosso município qualificado como capital  industrial do nordeste.

AS PROFECIAS VINGARAM
Um dos ex-prefeitos de nossa cidade (1971/1973) o José Vitorino costumava dizer que  “Camaçari seria sempre uma cidade grande, mas, jamais uma grande  cidade”. Quando assim falava se referia às malditas influências que por diversos ângulos pairava sobre  a espoliada Camaçari.

Pelo sim e pelo não, esta assertiva, com o passar do tempo tornou-se  verdadeira, dosando os desníveis culturais, inversão de valores que nos dias atuais retratam Camaçari como uma cidade decadente, sem rumo, onde as coisas mais absurdas acontecem fruto da incompetência e  das escolhas  politica-administrativas mal sucedidas  causando prejuízos incalculáveis à nossa comunidade.

DEVAGAR QUASE  PARANDO
Camaçari iniciou o ano novo  com sérios problemas a resolver,  desafios  pra todo  lado. O lixo acumulado, entulhos, mato invadindo as praças e calçadas, faltam medicamentos nas unidades de saúde, transporte coletivo confuso, passeios congestionados por vendedores ambulantes, educação entre altos e baixos, repartições públicas inoperantes, servidores de braços cruzados, (processos caminham a passo de tartaruga) secretarias falidas funcionando precariamente  não se sabendo a  que atribuir  causas de tanto atraso e decadência.

Por certo, as ideias novas por parte de secretários experientes, principalmente os que vieram de fora, trarão a solução para   conter as distorções tão prejudiciais  à nossa cidade. No que diz respeito, torcemos pelo  êxito  da nova turma ou caso contrario ao final dos quatro anos será a Prefeitura de Camaçari devolvida   aos adversários  que tanto trabalho deram  para  deixar o poder que perdurava por doze anos.


O POVO ATENTO
AS eleições de 2016 em Camaçari demonstraram que o povo permanece atento e participativo, vigilante aos princípios da moralidade e se a recíproca não for verdadeira  os efeitos  serão  sentidos já nas próximas eleições  de 2018. Somos hoje quase 300 mil habitantes clamando por dias melhores, por uma cidade grande que não consegue ser uma grande cidade, mas, precisa acertar o passo, corrigir as disparidades, os problemas, livrando-se dos aproveitadores de plantão  que aqui desembarcam enchem o bolso e caem fora.

A CIDADE MAL TRATADA
A propaganda enganosa feita na gestão do  ex-prefeito Delgado das Chagas dizia que Camaçari era a “Terra das oportunidades”. O incentivo divulgado na imprensa em geral  trouxe para  o nosso município milhares  de pessoas que aqui chegaram em  busca  da felicidade, ledo engano!

Em Camaçari os menos favorecidos passam fome, pedem socorro, não se tem assistência médica, a insegurança cresce em função dos constantes  assaltos e assassinatos, proliferam dia a dia, apesar do esforço e combate policial. Os equipamentos públicos como a Estação Rodoviária, Instalações da Feira, Casa do Trabalho, dezenas deles estão ao abandono. A porta da Igreja Matriz tornou-se arquibancada de desocupados. Pouco se tem feito para tornar o município disciplinado, mais atraente, digno dos seus habitantes.

Mas, diz o velho provérbio que “A esperança é a ultima que morre”. Com base nessa premissa, aguardamos o pronto restabelecimento dos órgãos da PMC (em estado de inanição), repartições vazias  aguardando a  esperada ação  por parte  dos membros  que irão compor o novo quadro administrativo  tornando  Camaçari não só uma cidade  grande  como uma grande  cidade  e no futuro  um  município organizado. Se assim for, o problema estará resolvido...

Camaçari completou 258 anos da históriae  na qualidade  de  segundo município em  extensão  territorial  e arrecadação  do Estado, não lhe cabe  mais   retrocesso,  abarrotado de problemas não tem encontrado a solução para as  suas   incongruências.  É preciso o esforço de todos para esse valioso município não se torne  o  paraíso  de poucos  e prejuízo  de muitos. 

Até a próxima e vamos em frente.

Um abraço!

J.R. Mônaco

jrsmonaco@hotmail.com

 

Outros Artigos:

Geral
Escrito por: Raymundo Mônaco
24 de Maio de 2017
 Veja Mais
Geral
Escrito por: Raymundo Mônaco
26 de Abril de 2017
 Veja Mais
Geral
Escrito por: Raymundo Mônaco
09 de Novembro de 2016
 Veja Mais
Geral
Escrito por: Raymundo Mônaco
15 de Setembro de 2016
 Veja Mais
 Veja todos os artigos

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Você é a favor da mudança do SAC para o Shopping Boulevard Camaçari?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
contato@camacarinoticias.com.br

Navegação Rápida