Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/camacarinoticias/public_html/app/imprimir.php:9) in /home/camacarinoticias/public_html/conf/config2.php on line 17

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/camacarinoticias/public_html/app/imprimir.php:9) in /home/camacarinoticias/public_html/conf/config2.php on line 35

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/camacarinoticias/public_html/app/imprimir.php:9) in /home/camacarinoticias/public_html/conf/config2.php on line 35
Existe espinha vaginal? É isso o que provoca o aparecimento de bolinhas | Camaçari Notícias

Existe espinha vaginal? É isso o que provoca o aparecimento de bolinhas

Escrito por: Pesquisa Web - Dicas da Gisa-

 

É sabido que a região íntima é muito delicada e merece cuidados especiais, principalmente para evitar infecções e outros problemas de saúde. Se você eventualmente identifica bolinhas espinhas na área genital, é importante que vá ao médico para receber o tratamento adequado, uma vez que existem várias causas para esse quadro. Listamos os mais comuns.

Bolinhas na vulva: o que pode ser?
#1 Reação alérgica
A tonalidade rosa do absorvente, o material da calcinha ou o uso de produtos como sabonetes podem causar irritação. Por sua vez, isso leva a uma reação alérgica que é caracterizada por erupções cutânea leve. Neste caso, é necessário rever os hábitos de higiene e os produtos de higiene e vestuário usados para descobrir qual deles está causando a reação alérgica.

#2 Foliculite
A proliferação de bactérias nessa área pode causar uma infecção nos folículos pilosos. Quando isso acontece, o pelo enfraquece, dobra e começa a crescer "para dentro" da pele, levando ao aparecimento de espinhas ou bolinhas inflamadas. Isso é muito comum acontecer após a depilação, seja com lâmina ou cera.

#3 herpes genital
É uma doença sexualmente transmissível que tem poucos sintomas. A maioria das pessoas detecta a aparência de uma pequena erupção, mas a confunde com uma espinha ou um pelo encravado na área genital. No entanto, se o problema não for resolvido prontamente, é muito provável que a erupção se transformem em bolhas, que mais tarde resultam em feridas doloridas. Também haverá outros sintomas de alerta, como febre, inflamação das glândulas e mal-estar generalizado no corpo.

#4 Cistos bartholin
Este tipo de abscesso aparece nas glândulas de Bartholinian, localizadas em cada lado da abertura vaginal. Os cistos aparecem quando há uma obstrução nos ductos da glândula, o que causa um acúmulo de pus e inchaço. A pessoa pode detectar que a área fica muito quente e inflamada, sensível ao toque, e pode sentir febre e dor durante a relação sexual. Para ter um diagnóstico adequado, o médico fará um exame pélvico. Caso o resultado seja positivo, será necessário drenar o abscesso e prescrever antibióticos.

#5 Hidradenite supurativa
É uma doença crônica caracterizada pelo surgimento de nódulos, abcessos e / ou saliências sobre as áreas do corpo onde a glândula apócrina está localizada (axilas, órgãos genitais externos, nádegas e a região perianal). Não é contagioso e os sintomas podem ser tratados com antibióticos e outros medicamentos. Fonte: VIX*