Bem vindo, Camaçari, 18 de Janeiro de 2018

Ovo inteiro ou só as claras: o que é melhor para os músculos?

Escrito por: Pesquisa Web - Ciência e Saúde - 10 de Janeiro de 2018

 

As claras dos ovos são desses ingredientes enaltecidos por quem quer trincar os músculos. Utilizar só essa parte do alimento seria vantajoso porque ela proporciona um bom montante de proteínas – a principal matéria-prima de bíceps, tríceps e afins–, e ainda contém poucas gorduras.

Ocorre que pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, acabam de publicar um estudo no qual demonstram que essa estratégia de descartar as gemas não traz vantagens. Na verdade, seria até um tiro no pé. Para o estudo, dez homens jovens foram estimulados a realizar um treino de resistência. Depois, comeram ovos inteiros (somando 18 gramas de proteínas e 17 gramas de gorduras) ou só a clara (totalizando 18 gramas de proteínas e 0 gramas de gorduras). Repare que o teor proteico das duas intervenções era o mesmo.

Os cientistas realizaram diversos exames de sangue e biópsias musculares para verificar como os aminoácidos (as moléculas menores que formam as proteínas) apareciam na circulação e na produção de músculos antes e depois dos exercícios e da alimentação. Os resultados mostraram, em primeiro lugar, que comer ovos inteiros ou apenas a clara entrega a mesma quantidade de aminoácidos.

“Nos dois casos, de 60 a 70% dos aminoácidos estavam disponíveis no sangue para formar novos músculos”, informou Nicholas Burd, principal autor do estudo, em comunicado à imprensa. Em uma conclusão apressada, poderíamos dizer que, então, tanto faz comer o ovo com gema e tudo ou só investir na clara. Mas os cientistas foram além.

Por que o ovo inteiro é melhor
Os experts mediram, em detalhes, como se dava a síntese de proteínas nos músculos em cada situação. Foi aí que notaram o seguinte: a ingestão do alimento completo logo após o exercício resistido contribuiu muito mais para a formação de massa muscular.

Para sermos mais exatos, a resposta pós-treino de construção de músculos entre quem comeu o ovo inteiro foi 40% maior do que a observada na turma que ficou somente com as claras. Segundo Burd, a gema do alimento possui proteínas, mas também exibe componentes que não estão presentes na clara – e algo nessa receita parece melhorar a capacidade de o corpo utilizar proteínas para fortalecer os músculos.

“Nosso trabalho sugere que consumir proteínas dentro de sua matriz alimentar natural tende a ser mais benéfico para os músculos do que recorrer a fontes isoladas desses nutrientes”, disse o cientista. Fonte: M de Mulher*

 

 

 

 

 

Outras Notícias:

Ciência e Saúde
Escrito por: G1
17 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
Ciência e Saúde
Escrito por: Camaçari Notícias / Ascom
17 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
Ciência e Saúde
Escrito por: Pesquisa Web
17 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
Ciência e Saúde
Escrito por: Pesquisa Web
16 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
Ciência e Saúde
Escrito por: Pesquisa Web
16 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
Ciência e Saúde
Escrito por: Pesquisa Web
16 de Janeiro de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

A economia brasileira no governo Michel Temer desde maio de 2016?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
contato@camacarinoticias.com.br

Navegação Rápida