Bem vindo, Camaçari, 23 de Setembro de 2018

Fiat convoca quase todas as unidades do Argo por falha no sistema elétrico

Escrito por: Pesquisa Web - Automobilismo - 08 de Dezembro de 2017

Fiat Argo HGT 1.8: versão topo de linha também está incluída na convocação da fabricante italiana.

 

A FCA (Fiat Chrysler Automóveis) convoca donos do modelo Fiat Argo, fabricados a partir de 11 de dezembro de 2017, a comparecerem a uma das concessionárias da Fiat para verificação e reparo do chicote elétrico do volante de direção, que pode vir a ser trocado gratuitamente. De acordo com a fabricante, foi identificada a possibilidade de rompimento desse componente do Fiat Argo por causa de um provável esmagamento provocado pela cobertura do airbag, podendo provocar sua desativação e, em casos extremos, o acionamento involuntário do airbag do motorista.

São 21.778 unidades envolvidas na convocação, volume que representa quase todas as 22.336 unidades vendidas até novembro ultimo, conforme os números da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos). A Fiat diz que os carros que fazem parte do recall são das versões Drive, Precision e HGT ano/modelo 2017/2018, com numeração de chassi (não sequenciais) de 9BD358A42JYH10115 a 9BD358A9WJYH10215. O tempo estimado para o reparo é de uma hora. Para consultar os números de chassis envolvidos e outras informações, contate a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800 707 1000 ou consulte www.fiat.com.br.

Baixa adesão aos recalls
A PROTESTE, Associação de Consumidores, fez um levantamento sobre o Recall automotivo no Brasil e o resultado foi alarmante. Em abril deste ano, a Toyota fez um recall sobre defeito no sistema de airbag, com risco de morte para os ocupantes do veículo. Mais de 223 mil proprietários foram convocados e apenas 6.464 compareceram nos primeiros dois meses.

Em outubro de 2015, a GM convocou proprietários do Cobalt e do Prisma por falha no cinto de segurança. Na ocasião, 121 mil veículos foram convocados, mas, no site do Procon de São Paulo, quase dois anos depois não há informação de comparecimento. Esses dados são muito  preocupantes, porque os problemas apresentados envolvem risco de vida.

De acordo com a entidade, a comunicação do recall é limitada. Normalmente, é divulgada em apenas um dia em poucos veículos de comunicação. Além disso, as montadoras também não costumam divulgar os dados de quem passou pelo procedimento. 

Tudo isso compromete a segurança ao volante. Afinal, para quem não sabe, o recall automotivo ocorre quando as montadoras detectam avarias ou falhas na segurança dos veículos que já estão em circulação. Assim, elas "chamam de volta" o consumidor, para corrigir esses problemas e afastar os riscos. Por questões de segurança, portanto, todos os consumidores que possuem veículos precisam ficar atentos à necessidade de atender aos chamados de recall, como o do Fiat Argo, mesmo que os comunicados ainda sejam falhos. IG*

 

Outras Notícias:

Automobilismo
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
21 de Setembro de 2018
 Veja Mais
Automobilismo
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
14 de Setembro de 2018
 Veja Mais
Automobilismo
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
04 de Setembro de 2018
 Veja Mais
Automobilismo
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
31 de Agosto de 2018
 Veja Mais
Automobilismo
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
28 de Agosto de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida