Bem vindo, Camaçari, 23 de Maio de 2017

Em ano de crise, foliões podem parcelar em 10x e receber descontos de 20%

Escrito por: Ibahia - Salvador - 06 de Janeiro de 2017

Com redução de preços em até 20%, parcelamentos em até 10 vezes e maior oferta de pacotes promocionais, o setor de entretenimento tem rebolado para colocar o bloco na rua ou levantar o camarote no Carnaval deste ano. Isto porque, antes de tirar o pé do chão, o consumidor está espremido na corda, tentando passar “de boa” pela crise. Do outro lado, o jeito para blocos e camarotes é tentar ajustar o passo, em um ano marcado pela diminuição na oferta de patrocínios.

“As vendas ainda não alcançaram o mesmo percentual do ano passado para o período. Na verdade, registramos uma queda de 30% neste fluxo. Mas nós ainda temos quase 50 dias para reverter esta retração”, afirma o sócio do Reino da Folia Nei Ávila.  Entre as estratégias para fisgar o folião estão readequação de preços e aumento das possibilidades de pacotes promocionais.
 

“Em alguns casos, o preço dos produtos caiu algo em torno de 10% a 20%, com um parcelamento bem dividido no cartão de crédito. Se antes tínhamos 20 pacotes, agora temos 50 na prateleira com infinitas possibilidades de combinação e preços. A gente tem tentado ainda um acordo com empresas de programas de pontuação para possibilitar a troca de pontos por abadás, tudo isso com o intuito de melhorar essas vendas”, diz.

 

Outra estratégia foi unir dois camarotes – O Reino da Folia e o Cerveja e Cia – em um novo e maior, com maior estrutura e oferta de serviço premium por um preço mais competitivo. No Camarote Club, o serviço é all inclusive e os preços variam de R$ R$ 550 a R$ 700 (feminino) e R$ 650 a R$ 900 (masculino).

 

Na Central do Carnaval, o mês de janeiro é também o período esperado para o aquecimento das vendas. Para o sócio da empresa que comercializa boa parte dos abadás de blocos e camarotes que desfilam Geraldo Vasconcelos, o folião este ano está mais atento ao preço.  “A gente tem notado uma atenção maior ao custo-benefício na hora de escolher, assim como uma cautela quanto ao que vai gastar”, afirma.

 

Com o apelo do parcelamento em até 10 vezes no cartão de crédito, há possibilidades de pagar em suaves prestações de R$ 10, um dia no Bloco Burburinho com a banda Duas Medidas. “São estratégias fundamentais para que se possa vender no Carnaval, mesmo diante de um cenário econômico mais difícil”, considera Vasconcelos.

 

O bloco Filhos de Gandhy é mais um que precisou readaptar as despesas e tem buscado alternativas para aumentar o número de foliões até a festa. Depois da perda de patrocínios, o afoxé está contando com os associados para colocar o tapete branco na Avenida.

 

“Tradicionalmente, o carnê sempre foi lançado no mês de agosto, mas a crise pegou firme e espantou patrocinadores. Por isso tivemos que antecipar o lançamento para maio do ano passado”, afirma o presidente do bloco, Francisco Lima. Até o momento, foram vendidos cerca de  mil carnês. A expectativa é chegar à segunda quinzena de fevereiro com um cortejo de 5 mil associados. “Todo o nosso trabalho tem sido em cima do associado, como entrada principal de recursos”, diz.

 

Vento em popa

No entanto, há blocos como o estreante Blow Out puxado pela cantora Claudia Leitte junto com o Grupo San Sebastian que teve o primeiro lote esgotado oito horas após o lançamento, no mês de outubro do ano passado. Em janeiro, as vendas passaram de 2,3 mil abadás, mais da metade da expectativa, que é de 4 mil. A sexta-feira de Carnaval sai por R$ 300. “Nós pegamos uma atração que é bombada no dia com um preço médio razoável. Junto a isso, juntamos ao conceito do bloco uma fantasia estilizada, que tem todo um diferencial, com uma proposta mais ousada, e as pessoas compram a ideia”, diz André Gagliano, um dos sócios da San Sebastian.

 

A crise também passou longe do bloco As Muquiranas. Segundo o sócio da entidade Luciano Paganelli, são esperados 2,5 mil associados para este ano. “A gente tem um público tradicional e cativo, por isso não sentimos tanto o efeito”, explica. A forma de pagamento que tem prevalecido é mesmo o cartão de crédito. Cerca de 70% dos associados parcelam o valor do bloco. “Ainda que janeiro seja um mês de IPVA, IPTU e matrícula de filho, o folião espera o melhor dia do cartão e vem comprar”, diz.

 

No ritmo 

E tem folião que não abre mesmo mão do Carnaval. A auxiliar administrativa Shirley Braga é dessas que estão com abadá garantido desde a Quarta-Feira de Cinzas. “Logo que abriu as vendas comprei a casadinha do meu Psirico no Bloco Inter e dividi no boleto em seis vezes”, conta. Ela está de olho em um dia no Meu e Seu com o Harmonia do Samba e em camarote para completar a festa. Só que esse valor de R$ 1 mil que ela pretende gastar a mais vai ser parcelado no cartão. 

 

Confira blocos e camarotes com opções de parcelamento:

 

Gandhi -  No carnê R$ 450 (sócio) sendo R$ 150 (entrada) e mais uma parcela de R$ 300 com vencimento até 19 de fevereiro. Não sócios pagam R$ 500 no carnê com entrada também de R$ 150 mais R$ 350 no carnê. Já no cartão de crédito, a fantasia pode ser parcelada em até duas vezes tanto para sócios quanto não-sócios.

 

As Muquiranas -  O bloco esse ano vai levar para a Avenida as “Gladiadoras da Alegria”. A fantasia custa R$ 780 (sócio) e R$ 830 (novo sócio) e pode ser parcelada em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito. No carnê, uma entrada mais uma parcela com vencimento em fevereiro.

 

Blow Out Na sede da San Sebastian ou no site do bloco em www.blocoblowout.com, os abadás estão sendo parcelados em até 5 vezes. As vendas estão no segundo lote, com fantasias a R$ 300. A próxima virada do lote irá acontecer em breve.

 

Camaleão O domingo fica por R$ 940, a segunda-feira R$ 890 e a terça-feira R$ 790. Os três dias, R$ 2,489 mil. Na Central do Carnaval dá para parcelar o bloco em até 10 vezes sem juros.  No boleto, o parcelamento é de, no máximo, 2 vezes.

 

Vumbora Skol  Cada dia fica por R$ 500. Os dois dias, R$ 950.  Na Central do Carnaval dá para parcelar o bloco em até 10 vezes sem juros.  No boleto, o parcelamento é de, no máximo, 2 vezes.

 

Balada O dia de domingo custa R$ 180 e a segunda-feira, R$ 200. Os dois dias no bloco, R$ 330. Quem comprar o bloco na Central do Carnaval pode parcelar o valor em até 10 vezes sem juros.  No boleto, o parcelamento é de, no máximo, 2 vezes.

 

Crocodilo É mais um dos blocos que podem ser parcelados em até 10 vezes na Central do carnaval. O domingo fica por R$ 400 e a segunda-feira por R$ 360. Os dois dias, R$ 720.

 

Eva A sexta-feira ou o sábado fica por R$ 200 cada. Pelos dois dias, o folião vai pagar R$ 350. Na Central do Carnaval pode parcelar o valor em até 10 vezes.

 

Banana Coral D+ Na sexta-feira, o bloco fica por R$ 130 e no sábado, R$ 150. Todos os dias, R$ 210. Dá para dividir em até 10 vezes no cartão de crédito nas compras feitas na Central do carnaval, tanto no site quanto nas lojas físicas.

 

Fissura/ Inter O folião vai pagar R$ 280, tanto pela quinta-feira quanto no sábado. O pacote de dois dias sai por R$ 500 em até 10 vezes no cartão de crédito pela Central do Carnaval.

 

Largadinho Cada dia com a cantora Cláudia Leitte fica por R$ 500. No pacote de dois dias, o folião vai ter que desembolsar R$ 880. As compras na Central do Carnaval podem ser parceladas em até 10 vezes no cartão de crédito ou em duas vezes via boleto bancário.  

 

Praieiro  Também na Central do Carnaval é possível parcelar o abadá em até 10 vezes sem juros ou duas vezes no boleto bancário. O domingo e a segunda-feira custam R$ 180 (cada dia). O pacote fica por R$ 300.

 

Olodum Na sexta-feira um dia para desfilar no bloco custa R$ 380 e no domingo, R$ 400. Os dois dias fica por R$ 702.

 

Timbalada O bloco sai no circuito Barra/ Ondina na sexta-feira (R$ 400) e no sábado (R$ 440). Os dois dias fica por R$ 760 e também pode ser parcelado em até 10 vezes no cartão de crédito na Central do Carnaval.

 

Aviões Elétrico A sexta-feira fica por R$ 225, ou em até 10 vezes de R$ 22,50 na Central do Carnaval ou em até duas vezes no boleto bancário.

 

Bloco Harém O bloco desfila na quinta-feira de Carnaval e o abadá sai por R$ 390. É mais uma opção que pode ser dividida em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito nas lojas da Central do Carnaval.

 

Burburinho Tanto na sexta-feira quanto no sábado o dia sai por R$ 100 ou em suaves parcelas de R$ 10 nas compras feitas na Central do Carnaval.

 

Happy No sábado, o abadá custa R$ 240. O acesso pode ser adquirido na Central do Carnaval em até 10 vezes no cartão de crédito ou duas vezes no boleto bancário.

 

Amor e Paixão O bloco desfila na quinta-feira de Carnaval e custa R$ 140. É mais um produto da central do carnaval que pode ser pago em até 10 vezes no cartão de crédito sem juros ou em duas vezes no boleto bancário.

 

Camarote do Nana Os preços variam entre R$ 580 a R$ 860 (feminino) e R$ R$ 680 a R$ 980 (masculino). O camarote também pode ser pago em até 10 vezes sem juros, nas compras feias na Central do Carnaval.

 

Camarote da Central Há opções com serviços All Inclusive e Open Bar. Os preços custam entre R$ 240 a R$ 470 (feminino) e R$ R$ 270 a R$ 540 (masculino). Os valores dependem do tipo de serviço e dia de Carnaval. Há opções de parcelamento em até 10 vezes, como em todos os outros produtos comercializados pela Central do Carnaval.

 

Camarote Skol O acesso feminino sai por R$ 450 a R$ 550 (feminino) e R$ 550 a R$ 660 (masculino). E possível dividir em até 10 vezes no cartão de crédito ou duas vezes no boleto bancário tanto na loja virtual como nas lojas físicas da Central do Carnaval.

 

Camarote Salvador O sábado, domingo e a segunda-feira dos acessos femininos e masculinos do Camarote Salvador estão esgotados, assim como o pacote com todos os dias. A quinta, a sexta e terça-feira custam R$ 990, R$ 1.190 e R$ 1.290 (feminino); R$ 1.490, R$ 1.690 e R$ 1.890 (masculino), respectivamente. O Camarote também está parcelando em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito para compras feitas na Central do Carnaval.

 

Camarote Planeta Band Tanto para os acessos masculinos quanto femininos há oferta de serviço all inclusive ou open bar. Os valores por dia estão custando R$ 280 a R$ 510 (feminino) e R$ 320 a R$ 610 (masculino), a depender do dia e do tipo de serviço também. As compras podem ser divididas em até 10 vezes no cartão de crédito pelo site da Central do carnaval ou nas lojas físicas. No boleto bancário, o parcelamento máximo é de até duas vezes.

 

Camarote Harém Os acessos femininos saem por R$ 610 a R$ 820. Os masculinos, R$ 770 a R$ 990. As compras são dividias em 10 vezes no cartão de crédito pela Central do carnaval ou duas vezes no boleto bancário.

 

Camarote Schin Há opções para acesso feminino a partir de R$ 260 (feminino) e R$ 300 (masculino) que estão entre as opções de parcelamento em até 10 vezes sem juros, nos produtos vendidos pela Central do Carnaval.

 

Coruja No domingo, um dia no bloco sai por R$ 400 e a segunda-feira custa R$ 650. Na Axé Mix é possível parcelar no cartão de crédito em até 8 vezes e no boleto em 2 vezes sem juros.

 

Cerveja e Cia O bloco desfila no circuito Barra/ Ondina no sábado e o abadá do dia custa R$ 600. Há opções de parcelamento de 10 vezes no cartão de crédito ou em duas vezes no boleto bancário nas vendas pela Axé Mix.

 

Bloco Chá Rosa A sexta-feira fica por R$ 250. O Chá Rosa é mais uma opção que está sendo parcelada em até 8 vezes no cartão de crédito pela Axé Mix. O também divide em até duas vezes no boleto bancário.

 

Camarote Club Juntos, os camarotes Cerveja & Cia e Reino da Folia se juntam esse ano no Camarote Club. Nas vendas feitas pela Axé Mix, o parcelamento máximo no cartão de crédito é de até 8 vezes. O serviço é all inclusive e os preços variam de R$ R$ 550 a R$ 700 (feminino) e R$ 650 a R$ 900 (masculino).

 

Cocobambu Sair com Safadão na quinta-feira de Carnaval vai custar R$ 300, que podem ser parcelados em até 8 vezes de R$ 37,50 no Reino da Folia.

 

Me Abraça O bloco desfila com o cantor Durval Lélys no domingo, segunda e na terça-feira. Cada dia sai por R$ 380 e podem ser parcelados em até 8 vezes no cartão de crédito nas compras feitas no Reino da Folia.  

 

Pirraça O domingo com a dupla sertaneja Matheus e Kauan custa R$ 200 ou em oito parcelas de R$ 25 nas vendas no Reino da Folia.

 

Outra opção para quem quer economizar no Carnaval são as listas 'vip' que oferecem desconto de até 50% na compra de blocos e camarotes. 

 

Camarote Vila Mix Nas compras feitas no Reino da Folia dá para dividir o abadá em até 8 vezes. O preço do acesso feminino fica entre R$ 900 e R$ 930. O masculino, R$ 1.020 e R$ 1.100, a depender do dia.

 

Camarote Sfrega  O camarote é mais um que vai estrear esse ano no circuito Barra Ondina. Os acessos femininos custam de R$ 300 a R$ 400 e os masculinos, R$ 340 a R$ 440. As camisas podem ser pagas em até 8 vezes no cartão de crédito nas compras realizadas no Reino da Folia.

 

Outras Notícias:

 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

O que te desmotiva de sair de casa a noite ou ir para uma festa em Camaçari

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
contato@camacarinoticias.com.br

Navegação Rápida