Bem vindo, Camaçari, 20 de Agosto de 2018

TRE-BA já planeja segundo ciclo da biometria

Escrito por: Pesquisa Web - Bahia - 12 de Junho de 2018

A partir de novembro, os municípios de Lauro de Freitas, Simões Filho, Dias D’Ávila e Candeias serão contemplados com o recadastramento biométrico. Neste segundo ciclo, a expectativa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) é biometrizar 700 mil eleitores até fevereiro de 2019.

Dividido em quatro fases, o próximo ciclo deve contemplar,  de 5 de novembro a 22 de fevereiro de 2019, além de cidades da região metropolitana de Salvador, 34 municípios das regiões sul, nordeste, centro-sul e centro-norte do estado.

Santo Amaro, São Félix, Cachoeira e Itabuna também integram a lista de municípios participantes. Segundo o TRE-BA, a última fase da biometria está prevista para 2021. A meta do órgão antecipa em um ano o prazo expedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para conclusão da revisão biométrica no País.

Balanço 2018 – Mais de dois milhões de eleitores realizaram recadastramento biométrico  entre janeiro e maio deste ano. Segundo o TSE, o número representa 184% da meta estabelecida para este ano.

Agilidade – Além de ampliar o nível de segurança nas eleições, o cadastro biométrico abre novas possibilidades para exercício da cidadania. Um exemplo é o projeto Ágora, desenvolvido por servidores do TRE-BA para os cidadãos interessados em apoiar a criação de algum partido político ou criação de lei de iniciativa popular. Hoje o processo se dá com coleta de assinaturas a serem conferidas pelos cartórios eleitorais. Com o aplicativo, a assinatura seria substituída pela leitura da impressão digital, a ser comparada automaticamente pelo TSE com o cadastro biométrico do eleitor, aumentando assim a celeridade e a eficácia do processo. 

De fora, só que não

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), está com discurso cada vez mais claro na indicação de que não concorrerá à presidência da República neste ano. Porém, mesmo abrindo mão deste projeto, quer manter a influência sobre a decisão de aliança do Democratas, defendendo publicamente apoio a Geraldo Alckmin (PSDB).

Maia tem frisado isso em entrevistas, até como uma forma de ganhar força contra a ala que pretende apoiar Ciro Gomes, do PDT.  Em São Paulo, Maia foi incisivo:

– Claro que é muito mais natural para o DEM se a nossa decisão for não ter candidato, é primeiro uma conversa com o PSDB – disse, confirmando que a decisão do DEM deve sair em meados de julho.

Cai intenção de compras

Na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, 50,1% das famílias do País demonstraram interesse em comprar itens relacionados com o Mundial de Futebol. Este ano, com os jogos acontecendo na Rússia, este percentual caiu para 24%, de acordo com pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O levantamento foi feito por meio de consulta a cerca de 18 mil consumidores de todas as capitais do País e indica ainda que os produtos mais procurados serão alimentos e bebidas, com 9,9% de intenção de compra.

Um total de 7,5% dos entrevistados pretende adquirir peças de vestuário, enquanto 4,3% declararam a intenção de comprar aparelhos de televisão. Segundo especialistas da CNC, a baixa taxa de desemprego e a má fase econômica do Brasil são fatores que impactam diretamente nos resultados. No trimestre encerrado em abril de 2014, a taxa de desocupação no País era de 7,1%, contra 12,9% de agora. A taxa média de juros cobrada dos consumidores também afeta as intenções de compra. Hoje ela se encontra no patamar de 55% ao ano, quando antes do Mundial no Brasil estava em 47,9%.

O chefe da Divisão Econômica da CNC, Fábio Bentes, considera dois dos fatores decisivos para influenciar negativamente na intenção de compra das famílias: as condições de consumo menos favoráveis e o fato de a Copa ser no exterior.

– Naturalmente, além do menor envolvimento da população com o próximo Mundial, as condições de consumo em 2018 ainda se encontram menos favoráveis do que há quatro anos – analisou.

Para a Copa deste ano, 51,6% das pessoas pretendem gastar em torno de R$ 200, enquanto 39,2% têm a intenção de consumir mais de R$ 300 em produtos temáticos. Informações do A Tarde*

Outras Notícias:

 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida