Bem vindo, Camaçari, 23 de Janeiro de 2017

Tia confessa ter matado sobrinho com pedrada, mas alega que pedra era pequena

Escrito por: Pesquisa Web - Polícia - 11 de Janeiro de 2017

Sobrinho morreu no Hospital Regional de Irecê

Gilberto Rocha Nunes, de 43 anos, morreu na segunda-feira (10). O homem estava no Hospital Regional de Irecê após ter sido atingido por uma pedra, na ultima sexta-feira (6). A tia da vítima é a principal suspeita de ter cometido o crime.

O caso ocorreu no povoado de Igatu, na cidade de Ibipeba, no norte da Bahia. De acordo com informações da Coorpin (Coordenadoria do Interior) da cidade de Irecê, na mesma região, Maria Nunes Rocha, de 45 anos, é irmã da mãe de Gilberto e confessou ter jogado a pedra, mas alegou que o objeto era muito pequeno para provocar a morte de alguém.

Ainda segundo a polícia, ele, a tia e outras duas pessoas estavam bebendo antes do crime. Os amigos saíram e a vítima foi encontrada agonizando, por volta de 23h, quando foi socorrido ao hospital, onde não resistiu aos ferimentos. Familiares informaram a polícia que Maria não tinha brigado com o parente, mas costumava ficar agressiva quando bebia.

Uma pedra com marcas de sangue foi encontrada próximo ao local. Segundo a polícia, o objeto pesava cerca de 5 kg. A mulher, que confessou apenas ter jogado a pedra, mas não causado a morte, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio.

Outras Notícias:

 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Sua opinião sobre o transporte universitário de Camaçari

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
contato@camacarinoticias.com.br

Navegação Rápida