Bem vindo, Camaçari, 21 de Junho de 2018

Como é ter um orgasmo? 12 mulheres descrevem tudo o que sentem

Escrito por: Pesquisa Web - Dicas da Gisa - 03 de Janeiro de 2018

Antes de pesquisadores norte-americanos descobrirem, no ano passado, o porquê de o orgasmo feminino sequer existir, ele representava um grande e completo mistério para a ciência. Para muita gente, aliás, ele permanece até hoje um fenômeno um tanto quanto enigmático: de acordo com pesquisa publicada em fevereiro deste ano no Archives of Sexual Behavior, mulheres heterossexuais são as que menos chegam ao orgasmo. Apenas 65% afirmam gozar “geralmente ou sempre” ao transar – em oposição a 66% das bissexuais e 86% das lésbicas.

Ainda é comum ouvir de mulheres por aí, inclusive, que elas nunca atingiram o clímax – ou que não sabem bem dizer se o fizeram. Seja você uma delas ou não, o MdeMulher compilou relatos de 12 mulheres sobre o que elas sentem durante o orgasmo. Será que, assim, conseguimos quebrar um pouco esta aura de “mistério”?

Vontade de socar ou apertar
“Sinto vontade de contorcer o corpo, reflexo pra socar ou apertar algum lugar – acaba sendo sempre a pessoa, né, foi mal – e no final eu dou risada. E tenho espasmos. E sinto calafrios”.

Vontade de gemer bem alto
“Quando eu chego ao orgasmo, minha vontade é de gemer muito alto. Algumas vezes eu me sinto até mais sonolenta e vulnerável, já chorei por diversas vezes e fico querendo mais proximidade, carinho etc. Diferente dos homens, que já ficam com sono. Mas a vontade maior de todas é gemer, mesmo, beijar, ter mais proximidade, continuar o sexo, ter outro orgasmo”.

Como se tivesse morrido e retornado
“Poucos minutos antes de atingir o orgasmo, sinto como se meu corpo, principalmente a parte do ventre, virilha e pernas se enrijecesse com uma forte tensão, até que sobe uma onda de calor muito grande e um frio na barriga, uma euforia toma conta de mim, solto gargalhadas espontâneas. Sinto como se tivesse morrido e retornado de alguma forma, provavelmente porque após toda aquela tensão e euforia, uma sensação de tranquilidade profunda toma conta de todo meu ser, todos meus músculos relaxam, sinto o corpo solto e palpitações em todo ele. Me entrego para aquele momento”.

Um fio de energia no corpo inteiro
“Acho que como toda mulher hétero, infelizmente, eu demorei um pouco pra saber o que é orgasmo. Até hoje não tive um com penetração, só no oral ou usando as mãozinhas mesmo. Mas o que eu sinto quando tenho um orgasmo bom demais mesmo é um negócio muito doido, parece que passa um fio de energia no meu corpo inteiro e eu fico focada naquela sensação, em aproveitar aquele momento de prazer. Eu me sinto muito consciente do meu corpo e eu só quero fazer aquela sensação durar, sabe? Mas é sempre meio rápido, e eu ainda não descobri a maravilha dos orgasmos múltiplos também, mas um dia a gente chega lá”.

Liberdade
“É um misto de sensações… O corpo treme, a ponta do pé fica queimando, dá vontade de me contorcer e fazer barulho, também dá uma sensação de liberdade”.

Sonho
“Meus primeiros orgasmos eram em sonho, ficava pensando ‘como assim, que sensação maravilhosa, será que isso acontece quando a gente tá acordada?”

Estar fora do próprio corpo
“A sensação é maravilhosa, já tive daquelas de tremer a perninha, de se esvair, virar para o lado e dormir, já tive duplo e triplo, sensação de estar fora do próprio corpo, de perder os sentidos dos pensamentos e perguntar onde estou, várias coisas. É sempre muito intenso e meu marido não faz nada enquanto eu não gozar ou chegar ao orgasmo, as damas primeiro.”

Derretendo
“Eu sinto que meu clitóris está derretendo – mas de um jeito bom!”.

Concentrando toda a energia
“Antes de realmente rolar o orgasmo, eu sinto que meu corpo vai concentrando toda sua energia só para isso, como se, pouco a pouco, aquele prazer fosse se transformando em tudo o que importa para o meu corpo. Na ‘hora H’, parece que é realmente isso que acontece, que só aquilo ali importa… Meu corpo se retorce inteiro e o clitóris fica quente, muito quente. logo depois que acaba, meu corpo fica muito cansado e o que eu mais gosto de fazer é tirar um cochilo”.

Chorando
“Eu sinto o corpo esquentar, o quadril levantar, uma vontade de gritar, e termino chorando”.

Pressão e explosão
“Parece que você está chacoalhando uma garrafa, que a pressão vai aumentando, aumentando – e aí explode. Depois, eu só quero dormir. Gozar é melhor do que remédio para dormir!”.

Sinto até no coração
“No começo da minha vida sexual, lá pelos 13 anos, eu sentia orgasmos muito fortes. Sentia um arrepio por todo o corpo, como se fosse uma energia que começa pelo clitóris e se estende por toda a região do corpo. Depois de uns anos, ela começou a ser mais fraca, mas não deixou de ser gostosa e de me fazer sentir este arrepio pelo corpo todo.

Depois que pari, meu orgasmo ficou muito mais forte, do mesmo jeito que no comecinho, e se tornaram mais constantes durante a relação sexual. Quando me masturbo, sinto orgasmos múltiplos: sinto que a energia flui por todo o corpo, parece até que sinto no coração. No ato sexual com penetração, depois do orgasmo eu sinto um choque ao tocar no clitóris que chega a ser ruim, parece que é uma energia muito forte que está lá… Eu sou igual homem, depois de gozar eu preciso parar e respirar – senão não consigo mais!”.

 

Outras Notícias:

Dicas da Gisa
Escrito por: Ibahia
20 de Junho de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Pesquisa Web
20 de Junho de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: CN com Assessoria de Comunicação
18 de Junho de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Camaçari Notícias
18 de Junho de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Camaçari Notícias
18 de Junho de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida