Bem vindo, Camaçari, 15 de Outubro de 2018

Aplicativo mais baixado do que WhatsApp e Facebook paga por vídeos

Escrito por: Pesquisa Web - Tecnologia - 04 de Junho de 2018

Um aplicativo de vídeos curtos ultrapassou WhatsApp, Facebook e todos os outros apps na Google Play Store, loja virtual do Android. Chamado Vigo Video, ele oferece uma plataforma de publicação de vídeos criativos, pelos quais os usuários são pagos com dinheiro.

Usado por jovens, o aplicativo tem recursos para edição de som e imagem para que todo o processo de criação do vídeo seja feito nele mesmo. Mensagens escritas nas mãos, truques de mágica e até um passarinho fugindo de sua gaiola ao som do tema do filme “Missão Impossível” são alguns dos vídeos mais populares no Vigo Video na última semana. Influenciadores como Felipe Neto e Pyong Lee, conhecidos no YouTube, já têm seus canais com vídeos no Vigo.

Como a audiência e os compartilhamentos ajudam a conquistar os flames, uma espécie de moeda virtual que é convertida em dinheiro de verdade, a plataforma de vídeos já conta com conteúdos enganosos que prometem iPhones como prêmios de sorteios. Os vídeos podem ser compartilhados via WhatsApp, Facebook, Instagram ou Messenger.

Cada flame no app vale 0,015 centavo de dólar. Para conseguir monetizar um canal no Vigo, é preciso publicar muitos vídeos, convidar amigos para baixar o aplicativo e ter interações com outros usuários. O valor mínimo do saque é de 1 dólar e o máximo por dia é de 200 dólares. Os recursos podem ser transferidos para a sua conta bancária via PayPal. Pode levar até 15 dias para que a solicitação de pagamento seja processada, de acordo com informações oficiais do aplicativo.

Assim como no Instagram Stories e no Snapchat, os vídeos têm duração de 15 segundos. Porém, esses aplicativos não oferecem uma plataforma de monetização aberta para seus usuários e é nesse nicho em que o Vigo Video se encaixa. No Instagram, as publicações de conteúdos com a hashtag #vigovideo são mais de 30 mil.

Anteriormente, o aplicativo tinha outro nome: Hypstar. Com a mesma proposta, ele já era usado por youtubers brasileiros nos últimos meses, mas apenas recentemente ganhou a projeção com o público que o levou ao topo do ranking de aplicativos grátis da Google Play Store.

O Vigo Video pertence à empresa chinesa Beijing Bytedance Technology. Talvez você não a conheça, mas provavelmente já ouviu falar do Musical.ly, do Tik Tok ou do TopBuzz–todos produtos da companhia.

Apesar de ser uma empresa de tecnologia, a Bytedance tem a mídia como seu negócio. Na China, ela tem um aplicativo de descoberta de notícias que usa inteligência artificial para recomendar matérias aos seus usuários. Porém, a internacionalização está nos seus planos, algo que suas aquisições deixam claro.

A companhia comprou a americana Flipagram, que tem um app de edição de imagem, e a francesa News Republic, que tem um app de notícias. Agora, com a popularidade do Vigo Video no Brasil, que usuários relatam ser resultado de anúncios invasivos dentro de outros aplicativos, nosso país entra na mira da chinesa. Fonte: Exame*

 

Outras Notícias:

Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
11 de Outubro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
11 de Outubro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
11 de Outubro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
10 de Outubro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
08 de Outubro de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida