Bem vindo, Camaçari, 14 de Novembro de 2018

WhatsApp diz ser impossível reduzir o número de encaminhamentos antes da eleição

Escrito por: Pesquisa Web - Tecnologia - 19 de Outubro de 2018

Faltando um pouco mais de uma semana para o segundo turno das eleições, um porta-voz da sede do WhatsApp na Califórnia informou à BBC News que não há planos de restringir o encaminhamento de mensagens para até cinco pessoas ou grupos, como aconteceu recentemente na Índia.

O limite, implementado em junho deste ano, permite que uma mensagem seja encaminhada para até 20 pessoas, uma redução bastante grande em comparação com o limite anterior, de 250. O porta-voz do mensageiro também contou que também não pretende restringir a quantidade de grupos que possam ser criados por um usuário, o máximo hoje é 9.999, e nem o número de grupos em que cada usuário pode ser membro, que é ilimitado. Segundo o WhatsApp, o processo completo de uma atualização levaria meses, incluindo um período de testes, para chegar ao usuário.

"Primeiro, para qualquer mudança, fazemos testes em pequena escala para testar a estabilidade. Depois, colocamos as alterações no aplicativo público, mas isso é feito lenta e gradativamente, porque temos 1,5 bilhão de usuários. Depois disso, os usuários precisam atualizar a versão do aplicativo em seus celulares para que as novas ferramentas apareçam. Então, o processo leva meses", contou o porta-voz.

Combate às fake news
Ainda de acordo com as informações da BBC, a empresa se reuniu com membros do Tribunal Superior Eleitoral nesta semana para discutir a propagação de notícias falsas ou difamatórias pelo aplicativo, e o WhatsApp afirmou que centenas de milhares de contas foram banidas no período eleitoral.

O porta-voz afirma ainda que foram feitos investimentos em ferramentas de detecção de comportamento suspeito por meio de algoritmos, considerando aspectos como volume de mensagens enviadas, repetição de conteúdos, discursos de ódio ou ofensas e quantas vezes o usuário foi excluído ou bloqueado por outros usuários.

Por fim, o WhatsApp falou sobre uma campanha lançada no Brasil para orientar os usuário sobre a importância do consumo de informações legítimas, afirmando ainda que vem financiando organizações de checagem de dados.

Fonte: BBC Brasil

 

Outras Notícias:

Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
14 de Novembro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
14 de Novembro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
13 de Novembro de 2018
 Veja Mais
Tecnologia
Escrito por: Pesquisa Web
12 de Novembro de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Na sua opinião Camaçari tem as melhores praias

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida