Bem vindo, Camaçari, 21 de Junho de 2018

Diretoria do Bahia explica negociações do clube e caso Maidana

Escrito por: Pesquisa Web - Esporte - 04 de Janeiro de 2018

Diego Cerri, Bellintani e Vitor Ferraz apresentaram o planejamento do Bahia para 2018 (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

O primeiro dia de trabalho do Bahia em 2018, na quarta-feira (3), foi marcado pela oficialização de reforços e avaliação do elenco. Mas também por alguns questionamentos. Durante entrevista coletiva de apresentação do planejamento da temporada, o diretor de futebol Diego Cerri e o presidente Guilherme Bellintani foram sabatinados sobre as negociações que envolvem o clube.

Segundo Cerri, nos próximos dias o Bahia deve oficializar pelo menos mais duas contratações. Apesar de não citar nomes, trata-se do lateral-direito João Paulo, ex-Chapecoense, e do goleiro Douglas - envolvido na venda de Juninho Capixaba ao Corinthians -, que passou por exames médicos no Fazendão e vai assinar por três anos.

A lista de novidades ainda pode aumentar. "Não gosto de me engessar com números. O que eu pretendo, em linhas gerais, é mostrar o conceito do meu trabalho, e como alinho isso com o treinador. A gente não trouxe atletas de grande renome, até pela realidade financeira. A grande estratégia é montar um elenco equilibrado, com bons jogadores, de bom potencial, que muitas vezes tente chegar na frente de concorrentes. Elber foi pretendido por muitas equipes, e nós trouxemos em definitivo", explicou Cerri. O contrato vai até 2020.

Sobre a situação de Régis, que se apresentou ao Sport - clube com o qual tem contrato -, Bellintani explicou que o acordo para a permanência do meia no Fazendão está sendo negociado pelo São Paulo com o clube pernambucano. Régis foi incluído no acerto que envolveu a venda de Jean para o São Paulo.

"Régis é um atleta que tem seus direitos federativos ligados ao Sport, e nosso contrato com o São Paulo prevê que Sport e São Paulo se acertem. A partir daí, ele pode acertar com o Bahia. Até então, a gente não anunciou Régis como jogador do Bahia porque está dentro do prazo previsto. O acordo que fizemos foi esse, está tudo dentro do previsto", explicou o presidente tricolor.

Por falar em São Paulo, Bellintani aproveitou para esclarecer a situação do outro jogador incluído na negociação. De acordo com o dirigente, os dois clubes ainda discutem qual atleta desembarcará no Fazendão. O prazo para o acordo é o início de março.

"A gente nunca anunciou Iago Maidana, esse foi um jogador especulado pela imprensa. Não consta uma cláusula no contrato da venda dizendo que tem que vir o Iago Maidana, mas uma cláusula de que tem que vir um outro atleta (do São Paulo). Estamos conversando, temos um prazo de 60 dias, até o início de março, para definir isso. É possível que ele venha, mas pode ser outro", declarou Bellintani.

Hernane
Outro tema discutido foi a sondagem de algumas equipes pelo atacante Hernane. De acordo com Diego Cerri, o Bahia não recebeu proposta oficial pelo Brocador, mas o diretor deixou claro que qualquer jogador do elenco pode ser negociado.

"As possibilidades de negociações no futebol existem. Se aparecer alguma proposta que seja interessante para o Bahia, para qualquer atleta, vamos sentar e negociar. As especulações ocorrem nessa época do ano e é normal. Propostas concretas não chegaram. Quando chegar, nós vamos sentar e negociar", finalizou. Fonte: Correio*

Outras Notícias:

 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
[email protected]

Navegação Rápida