Camaçari

Vereadores propõem ações para as áreas da saúde e do meio ambiente na sessão

Escrito por CN com Assessoria de Comunicação em 12 de Junho de 2019
[Vereadores propõem ações para as áreas da saúde e do meio ambiente na sessão]

Entre os destaques da Sessão Ordinária da Câmara de Camaçari dessa terça-feira (11/06), estiveram propostas voltadas para as áreas da saúde e do meio ambiente.

O vereador Dentinho do Sindicato (PT) apresentou a Indicação Nº 972/2019, que pede que seja realizado, em caráter de urgência, um projeto de arborização no Horto Florestal de Camaçari. Segundo a justificativa da matéria, a arborização garante incontáveis melhorias para a cidade e população.

"Com um maior número de árvores, conseguimos melhorar o controle da unidade atmosférica, melhoria da qualidade do ar, diminuição da poluição, diversidade biológica. Precisamos planejar um futuro de maior qualidade ambiental para nosso povo", argumentou o parlamentar.

Já na área da saúde, o vereador Adalto Santos (Sem Partido) solicitou que seja dada uma atenção especial aos casos de depressão no município. A Indicação Nº 933/2019 pede que o Executivo Municipal promova uma Campanha Permanente de Conscientização e Combate da Depressão. "É uma doença silenciosa e precisamos ampliar o acesso à informação sobre esse mal que atinge milhares de pessoas no mundo todo", defendeu.

Ainda na pauta, foram aprovados diversos Projetos de Leis enviados à Câmara pelo Poder Executivo. Um deles institui o Programa Mais Pesca (PL Nº 975/2019), que tem como objetivo promover ações visando a valorização, modernização e beneficiamento da atividade pesqueira artesanal. O projeto prevê ainda que os pescadores do município recebam um benefício em dinheiro para o fomento da atividade.

Entre as exigências para que sejam concedidos os benefícios previstos no projeto, está a de que o pescador ou marisqueiro artesanal possua renda familiar mensal per capita de no máximo 1/4 (um quarto) do salário mínimo vigente, cerca de R$ 250,00.

Os projetos foram aprovados em dois turnos e seguem para sanção do Executivo.

Compartilhe!