Esporte

Bahia é dominado e perde para o Athletico-PR no Brasileirão: 1x0

Escrito por Pesquisa Web em 13 de Maio de 2019
[Bahia é dominado e perde para o Athletico-PR no Brasileirão: 1x0]

Fernandão protege a bola de Paulo André na Arena da Baixada (Miguel Locatelli/Athletico Paranaense)

O Bahia segue sem vencer fora de casa no Brasileirão. Nesse domingo (12), o tricolor perdeu a segunda partida longe de Salvador no campeonato. Na Arena da Baixada, em Curitiba, foi dominado pelo Athletico-PR durante praticamente todo o jogo. A derrota por 1x0 ficou barata, já que a história da partida poderia ter narrativa de goleada.

O resultado ampliou a invencibilidade como mandante do Athletico-PR, que agora está há 12 jogos sem perder em casa. De quebra, o rival subiu da 8ª para a 6ª colocação na tabela. Já o Bahia caiu da 5ª para a 8ª posição.

Bola em jogo

O primeiro chute a gol do jogo foi dos donos da casa. De fora da área, Léo Cittadini arriscou e mandou longe da meta. Na segunda boa oportunidade, o Athletico-PR não desperdiçou. Nikão inverteu para Renan Lodi e ele cruzou para Marco Ruben, que chutou para o gol. Douglas conseguiu defender a primeira tentativa, mas deu rebote. Rony aproveitou a sobra e abriu o placar na Arena da Baixada, aos 10 minutos de bola rolando: 1x0.

Sem diminuir o ritmo, a equipe paranaense atacou novamente com Bruno Guimarães, mas ele mandou por cima do travessão. O Bahia tentou reagir com Artur, só que ele esbarrou na defesa rival. Rogério também tomou a iniciativa de fora da área, e o goleiro Santos defendeu. Fernandão recebeu de Nino e bateu forte, porém a bola saiu pela linha de fundo. 

O camisa 20 tricolor voltou a ter a chance de empatar o jogo. Ele recebeu passe de Ramires e, na entrada da área, bateu à queima roupa para o centro do gol. Santos defendeu e roubou a cena. Sem conseguir manter a posse de bola, o Bahia tinha dificuldade para conter o ímpeto e velocidade do time do Athletico-PR. 

Em mais uma investida dos donos da casa, Nikão chutou de longe e exigiu boa defesa do goleiro Douglas. Sem dar espaço ao tricolor, o Athletico-PR chegou outra vez na sequência e novamente esteve muito perto de ampliar o placar. Após escanteio, Bruno Guimarães cabeceou, Douglas defendeu, a bola bateu na trave e voltou em direção à meta. Nino Paraíba salvou em cima da linha. 

A etapa final começou com a mesma tônica da inicial: o Athletico dominando as ações. Logo no primeiro minuto, a defesa do Bahia bateu cabeça e Marco Ruben quase ampliou o marcador. A bola tirou tinta da trave. Logo depois, Nikão ficou cara a cara com Douglas e o goleiro tricolor saiu bem para fazer a defesa. 

O Bahia respondeu após cobrança rápida de lateral. Fernandão disparou e bateu para o gol. Santos defendeu e deu rebote. Ramires tentou aproveitar, mas foi travado. Aos 23 minutos, o Esquadrão imprimiu velocidade e fez boa investida. Artur abriu pela direita e lançou para Shaylon. De primeira, o meia tocou para Élber, recebeu de volta e chutou para fora.

No final do jogo, o Bahia voltou a ser pressionado. Lucho mandou forte de fora da área e Douglas defendeu. Depois, o goleiro tricolor apareceu outra vez para defender a finalização de Marcom Ruben.  

O Bahia só volta a entrar em campo no domingo (19), quando enfrenta o São Paulo, às 11h, no Morumbi, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ficha do jogo: 

Athletico-PR: Santos, Erick, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo); Wellington, Bruno Guimarães, Léo Cittadini (Lucho) e Nikão; Rony (Marcelo Cirino) e Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore e Douglas Augusto; Artur, Ramires 
(Shaylon) e Rogério (Élber); Fernandão (Gilberto). Técnico: Roger Machado

Estádio: Arena da Baixada
Gol: Rony, aos 10 minutos do 1º tempo
Cartão amarelo: Erick e Renan Lodi (Athletico-PR); Paulinho, Nino Paraíba e Gregore (Bahia)
Público: 11.087 pagantes
Renda: R$ 155.255,00
Árbitro: Sávio Pereira (DF), auxiliado por Guilherme Dias (MG) e Daniel Andrade (DF)

Fonte: Jornal Correio*

Compartilhe!